Lembro bem daquela criança
Enquanto, nos livros, me perdia
Ocupava-se em festanças
Nas adversidades, sorria
Amizades fazia em abundância
Riscos sempre assumia
Dormia demais depois da bagunça
O irmão que me fez companhia